c# Boa ou má prática para Diálogos no wpf com MVVM?




.net modal-dialog (3)

Esta é uma boa abordagem e usei outras semelhantes no passado. Vá em frente!

Uma pequena coisa que eu definitivamente faço é fazer com que o evento receba um booleano para quando você precisa definir "false" no DialogResult.

event EventHandler<RequestCloseEventArgs> RequestCloseDialog;

e a classe EventArgs:

public class RequestCloseEventArgs : EventArgs
{
    public RequestCloseEventArgs(bool dialogResult)
    {
        this.DialogResult = dialogResult;
    }

    public bool DialogResult { get; private set; }
}

Ultimamente tive o problema de criar caixas de diálogo adicionar e editar para o meu aplicativo wpf.

Tudo o que eu quero fazer no meu código é algo assim. (Eu principalmente uso viewmodel primeira abordagem com mvvm)

ViewModel que chama uma janela de diálogo:

var result = this.uiDialogService.ShowDialog("Dialogwindow Title", dialogwindowVM);
// Do anything with the dialog result

Como funciona?

Primeiro, criei um serviço de diálogo:

public interface IUIWindowDialogService
{
    bool? ShowDialog(string title, object datacontext);
}

public class WpfUIWindowDialogService : IUIWindowDialogService
{
    public bool? ShowDialog(string title, object datacontext)
    {
        var win = new WindowDialog();
        win.Title = title;
        win.DataContext = datacontext;

        return win.ShowDialog();
    }
}

WindowDialog é uma janela especial, mas simples. Eu preciso disso para manter meu conteúdo:

<Window x:Class="WindowDialog"
    xmlns="http://schemas.microsoft.com/winfx/2006/xaml/presentation" 
    Title="WindowDialog" 
    WindowStyle="SingleBorderWindow" 
    WindowStartupLocation="CenterOwner" SizeToContent="WidthAndHeight">
    <ContentPresenter x:Name="DialogPresenter" Content="{Binding .}">

    </ContentPresenter>
</Window>

Um problema com diálogos no wpf é o dialogresult = true só pode ser alcançado no código. É por isso que criei uma interface para o meu modelo dialogviewmodel para implementá-lo.

public class RequestCloseDialogEventArgs : EventArgs
{
    public bool DialogResult { get; set; }
    public RequestCloseDialogEventArgs(bool dialogresult)
    {
        this.DialogResult = dialogresult;
    }
}

public interface IDialogResultVMHelper
{
    event EventHandler<RequestCloseDialogEventArgs> RequestCloseDialog;
}

Sempre que meu ViewModel achar que é hora de dialogresult = true , aumente este evento.

public partial class DialogWindow : Window
{
    // Note: If the window is closed, it has no DialogResult
    private bool _isClosed = false;

    public DialogWindow()
    {
        InitializeComponent();
        this.DialogPresenter.DataContextChanged += DialogPresenterDataContextChanged;
        this.Closed += DialogWindowClosed;
    }

    void DialogWindowClosed(object sender, EventArgs e)
    {
        this._isClosed = true;
    }

    private void DialogPresenterDataContextChanged(object sender,
                              DependencyPropertyChangedEventArgs e)
    {
        var d = e.NewValue as IDialogResultVMHelper;

        if (d == null)
            return;

        d.RequestCloseDialog += new EventHandler<RequestCloseDialogEventArgs>
                                    (DialogResultTrueEvent).MakeWeak(
                                        eh => d.RequestCloseDialog -= eh;);
    }

    private void DialogResultTrueEvent(object sender, 
                              RequestCloseDialogEventArgs eventargs)
    {
        // Important: Do not set DialogResult for a closed window
        // GC clears windows anyways and with MakeWeak it
        // closes out with IDialogResultVMHelper
        if(_isClosed) return;

        this.DialogResult = eventargs.DialogResult;
    }
 }

Agora pelo menos eu tenho que criar um DataTemplate no meu arquivo de recurso ( app.xaml ou algo assim):

<DataTemplate DataType="{x:Type DialogViewModel:EditOrNewAuswahlItemVM}" >
        <DialogView:EditOrNewAuswahlItem/>
</DataTemplate>

Bem, isso é tudo, agora posso chamar diálogos dos meus modelos de visão:

 var result = this.uiDialogService.ShowDialog("Dialogwindow Title", dialogwindowVM);

Agora minha pergunta, você vê algum problema com esta solução?

Editar: para completar. O ViewModel deve implementar o IDialogResultVMHelper e, em seguida, ele pode elevá-lo dentro de um OkCommand ou algo assim:

public class MyViewmodel : IDialogResultVMHelper
{
    private readonly Lazy<DelegateCommand> _okCommand;

    public MyViewmodel()
    {
         this._okCommand = new Lazy<DelegateCommand>(() => 
             new DelegateCommand(() => 
                 InvokeRequestCloseDialog(
                     new RequestCloseDialogEventArgs(true)), () => 
                         YourConditionsGoesHere = true));
    }

    public ICommand OkCommand
    { 
        get { return this._okCommand.Value; } 
    }

    public event EventHandler<RequestCloseDialogEventArgs> RequestCloseDialog;
    private void InvokeRequestCloseDialog(RequestCloseDialogEventArgs e)
    {
        var handler = RequestCloseDialog;
        if (handler != null) 
            handler(this, e);
    }
 }

EDIT 2: Eu usei o código daqui para fazer o meu registrador EventHandler fraco:
http://diditwith.net/2007/03/23/SolvingTheProblemWithEventsWeakEventHandlers.aspx
(Site não existe mais, WebArchive Mirror )

public delegate void UnregisterCallback<TE>(EventHandler<TE> eventHandler) 
    where TE : EventArgs;

public interface IWeakEventHandler<TE> 
    where TE : EventArgs
{
    EventHandler<TE> Handler { get; }
}

public class WeakEventHandler<T, TE> : IWeakEventHandler<TE> 
    where T : class 
    where TE : EventArgs
{
    private delegate void OpenEventHandler(T @this, object sender, TE e);

    private readonly WeakReference mTargetRef;
    private readonly OpenEventHandler mOpenHandler;
    private readonly EventHandler<TE> mHandler;
    private UnregisterCallback<TE> mUnregister;

    public WeakEventHandler(EventHandler<TE> eventHandler,
                                UnregisterCallback<TE> unregister)
    {
        mTargetRef = new WeakReference(eventHandler.Target);

        mOpenHandler = (OpenEventHandler)Delegate.CreateDelegate(
                           typeof(OpenEventHandler),null, eventHandler.Method);

        mHandler = Invoke;
        mUnregister = unregister;
    }

    public void Invoke(object sender, TE e)
    {
        T target = (T)mTargetRef.Target;

        if (target != null)
            mOpenHandler.Invoke(target, sender, e);
        else if (mUnregister != null)
        {
            mUnregister(mHandler);
            mUnregister = null;
        }
    }

    public EventHandler<TE> Handler
    {
        get { return mHandler; }
    }

    public static implicit operator EventHandler<TE>(WeakEventHandler<T, TE> weh)
    {
        return weh.mHandler;
    }
}

public static class EventHandlerUtils
{
    public static EventHandler<TE> MakeWeak<TE>(this EventHandler<TE> eventHandler, 
                                                    UnregisterCallback<TE> unregister)
        where TE : EventArgs
    {
        if (eventHandler == null)
            throw new ArgumentNullException("eventHandler");

        if (eventHandler.Method.IsStatic || eventHandler.Target == null)
            throw new ArgumentException("Only instance methods are supported.",
                                            "eventHandler");

        var wehType = typeof(WeakEventHandler<,>).MakeGenericType(
                          eventHandler.Method.DeclaringType, typeof(TE));

        var wehConstructor = wehType.GetConstructor(new Type[] 
                             { 
                                 typeof(EventHandler<TE>), typeof(UnregisterCallback<TE>) 
                             });

        IWeakEventHandler<TE> weh = (IWeakEventHandler<TE>)wehConstructor.Invoke(
                                        new object[] { eventHandler, unregister });

        return weh.Handler;
    }
}

Eu venho usando uma abordagem quase idêntica há vários meses, e estou muito feliz com isso (ou seja, eu ainda não senti a necessidade de reescrevê-la completamente ...)

Na minha implementação, eu uso um IDialogViewModel que expõe coisas como o título, os botões standad para mostrar (para ter uma aparência consistente em todos os diálogos), um evento RequestClose e algumas outras coisas para poder controlar a janela. tamanho e comportamento


Se você está falando de janelas de diálogo e não apenas sobre as caixas de mensagem pop-up, por favor, considere minha abordagem abaixo. Os pontos principais são:

  1. Eu passo uma referência ao Module Controller para o construtor de cada ViewModel (você pode usar injeção).
  2. Que o Module Controller tem métodos públicos / internos para criar janelas de diálogo (apenas criando, sem retornar um resultado). Daí para abrir uma janela de diálogo no ViewModel eu escrevo: controller.OpenDialogEntity(bla, bla...)
  3. Cada janela de diálogo informa sobre seu resultado (como OK , Salvar , Cancelar , etc.) via Eventos Fracos . Se você usar o PRISM, será mais fácil publicar notificações usando este EventAggregator .
  4. Para lidar com resultados de diálogo, estou usando a assinatura de notificações (novamente Weak Events e EventAggregator no caso do PRISM). Para reduzir a dependência de tais notificações, use classes independentes com notificações padrão.

Prós:

  • Menos código. Não me importo de usar interfaces, mas já vi muitos projetos em que o excesso de uso de interfaces e camadas de abstração causa mais problemas do que ajuda.
  • Abrir janelas de diálogo através do Module Controller é uma maneira simples de evitar referências fortes e ainda permite usar mock-ups para testes.
  • A notificação por meio de eventos fracos reduz o número de possíveis vazamentos de memória.

Contras:

  • Não é fácil distinguir a notificação necessária de outras pessoas no manipulador. Duas soluções:
    • enviar um token exclusivo ao abrir uma janela de diálogo e verificar esse token na assinatura
    • use classes de notificação genéricas <T> onde T é enumeração de entidades (ou, por simplicidade, pode ser o tipo de ViewModel).
  • Para um projeto deve ser um acordo sobre o uso de classes de notificação para evitar duplicá-las.
  • Para projetos extremamente grandes, o Module Controller pode ser sobrecarregado por métodos de criação de janelas. Neste caso, é melhor dividi-lo em vários módulos.

PS Eu venho usando essa abordagem há um bom tempo e pronto para defender sua elegibilidade em comentários e fornecer alguns exemplos, se necessário.





modal-dialog