tuning Como você pode acelerar o Eclipse?




tuning eclipse photon (24)

Faça um esforço para configurar seu caminho de construção. O preenchimento de código usa muita memória se tiver que passar por toda a pasta do projeto.

  • Clique com o botão direito do mouse no seu projeto e escolha as preferências.
  • Escolha a configuração do caminho de construção e remova a pasta do projeto.
  • Em seguida, adicione apenas as pastas nas quais você tem seu código-fonte e o código da biblioteca.

Como você pode tornar a experiência com o Eclipse mais rápida?

Por exemplo: desativo todos os plugins que não preciso (Mylyn, Subclipse,…).

Em vez de usar um plugin para o Mercurial , eu configuro o TortoiseHG como uma ferramenta externa.


Se você usar o Maven e a hera, verifique os consoles, caso eles estejam sobrecarregando o processamento durante as construções. Eu uso hera e em cima disso eu tenho certos arquivos JAR (internos) mudando com a mesma versão, então tem que treinar o tempo todo para buscá-los.

Se você definiu o projeto em uma unidade de rede, também experimentará o atraso durante os processos de construção / leitura / gravação.

  • Desativar / desinstalar plugins que você não precisa.

  • Fechar perpective que você não precisa

  • Feche as conexões do banco de dados não utilizadas


Add -Xverify:none no seu arquivo eclipse.ini .

Isso reduzirá consideravelmente o tempo de inicialização do Eclipse (50% no meu caso, se não mais). Isso dirá a VM para não validar todos os arquivos .class que está sendo carregado.


Certifique-se de usar a Sun JVM para executar o Eclipse.

No Linux, particularmente no Ubuntu, o Eclipse é instalado por padrão para usar o GCJ de código aberto, que tem um desempenho drasticamente menor. Use update-alternatives --config java para alternar para o Sun JVM para melhorar muito o snap-in da UI no Eclipse.


Tente esse. Existem duas maneiras.

Primeiro procedimento

Consulte este artigo.

http://www.javacodegeeks.com/2014/06/the-real-way-to-make-eclipse-run-faster-on-ubuntu.html

Segundo procedimento.

Execute o comando no terminal.

ramdisk

para obter melhor desempenho e resposta rápida para o Ubuntu.

O Ramdisk faz parte da memória do sistema. O Ubuntu, por padrão, usa metade da memória física (RAM) como ramdisk e é montado em

/ dev / shm

, pode ser usado como o espaço em disco normal (crie arquivos e pastas e manipule-os com melhor desempenho, em vez de armazená-los no disco rígido). Se o disco RAM usar mais de metade da RAM, os dados serão movidos para o espaço de troca. Se o ramdisk usa menos, o restante ainda pode fazer o que a RAM está fazendo.

Definir limite superior de ramdisk

Como dito acima, o ramdisk por padrão pode usar metade da RAM. Se você quiser alterar o limite superior, siga as etapas abaixo:

  1. Edite / etc / fstab pelo seu editor favorito:

    gksudo gedit / etc / fstab

  2. Encontre esta linha e altere para que fique assim (adicione esta linha se não existir e altere 512M para o que você gosta):

    tmpfs / dev / shm tmpfs padrões, tamanho = 512M 0 0

  3. Reinicie ou remonte

    / dev / shm

Monte / tmp no ramdisk

Para facilitar o uso, você pode montar um diretório

/dev/shm

seguindo os comandos:

mkdir / dev / shm / tmp

chmod 1777 / dev / shm / tmp

mount --bind / dev / shm / tmp / tmp


                       **Tips for making Eclipse IDE Faster**

O Eclipse será executado mais rapidamente ao trabalhar com pequenos projetos. Mas quando você tem que trabalhar com um grande projeto, você ficará irritado com sua velocidade. Mesmo com uma enorme RAM você não ficará satisfeito com a sua velocidade. Os passos abaixo ajudarão a eclipsar para aumentar sua velocidade

  1. Remova a ativação indesejada de alguns dos plug-ins na inicialização acessando windows-> preference–> General–> Startup e shutdown também certifique-se de não usar esses plug-ins em nenhuma das suas visualizações

  2. Desabilitar as decorações das etiquetas, que são de menor uso para você, também ajudará você a ganhar algum desempenho. Vá para o Windows–> Preferência–> Geral–> Aparência–> Etiqueta -> Decorações

  3. Feche projetos indesejados e use a opção de conjunto de trabalho para passar de um grupo de projeto para outro sem problemas.

4.Confugure eclipse.ini, que estará disponível no local instalado do eclipse.

Configurar o eclipse.ini deve ser baseado em sua RAM -Xms256m -Xmx512m -XX: PermSize = 512m -XX: MaxPermSize = 512M

Consulte http://wiki.eclipse.org/Eclipse.ini para mais opções na configuração do eclipse.ini

  1. Não mantenha muitas guias abertas no editor. Melhor ter cerca de 20 abas. Feche regularmente as guias não usadas. Para abrir o recurso, podemos sempre usar ctrl + shift + R e ctrl + shift + T (recurso java) em vez de abrir muitas guias Eu experimentei uma melhoria considerável no desempenho ao limitar o número de abas abertas (no passado eu tinha 30 vezes + abas abertas). Você pode deixar o eclipse lidar com isso automaticamente: Janela-> Preferências-> Editores-> fechar editores automaticamente 8 abas abertas é o valor antes que o sinal >> apareça, então eu configurei 14 como meu valor padrão. Ao abrir mais guias, as menos acessadas recentemente serão fechadas. Quando todos os editores estão sujos ou presos. Se tiver modificações não salvas, você pode solicitar para salvar e reutilizar (a guia será fechada, uma nova será aberta em seu lugar). Ou você pode abrir um novo editor final, aumentando assim a quantidade de abas abertas (a escolha discreta). Se você quiser garantir que algumas guias nunca sejam fechadas automaticamente, você pode fixá-las. Isso clicando no ícone de alfinete (o ícone mais à direita na barra de ferramentas, com o “editor de alfinete” como texto da dica de ferramenta).

  2. Vá para Windows -> Preferências -> Validação e desmarque todos os validadores que você não quer ou precisa.

  3. Vá para Windows -> Preferências -> Geral -> aparência -> e desmarque qualquer animação que você não queira ou precise.

  4. Vá para Windows -> Preferências -> Maven e marque a opção não atualizar automaticamente.


No Windows 8. Abra o painel de controle. Encontre o Windows Defender. Vá para configurações Exclua todas as pastas, onde está sua área de trabalho / Spring e Eclipse


Bem, se você está desenvolvendo um aplicativo GWT usando o Eclipse, então é assim:

Erro de falta de memória no Eclipse

Lembre-se também de adicionar os mesmos argumentos da VM à configuração do modo hospedado.


Em casos especiais, o mau desempenho pode ser devido a bancos de dados h2 ou nwire corrompidos. Leia Cinco dicas para acelerar o Eclipse PDT e o nWire para obter mais informações.

Onde eu trabalho, nós dependemos de uma máquina virtual para rodar o Debian . Instalei outra versão do Eclipse na VM para testar purpouses, mas isso às vezes cria conflitos se eu tiver a outra versão do Eclipse em execução. Existe uma pasta compartilhada que ambas as versões do Eclipse compartilham. Eu acidentalmente deixei a instalação do Debian Eclipse rodando em segundo plano uma vez e isso me deu arquivos de banco de dados corrompidos.


Mais um truque é desativar construções automáticas.


Eu também afinei vmargs e outras coisas. Mas o que realmente acelerou o Eclipse no Windows é a configuração "correta" do software antivírus. Você precisa desativar a verificação sob demanda de arquivos compactados. jar arquivos, e muitos arquivos relacionados a java são embalados com algoritmo PKZIP para poupar espaço. Como o Eclipse usa muitos arquivos java, um antivírus tenta descompactar e varrer individualmente cada um deles. Portanto, para a plataforma Windows: desative a verificação sob demanda de arquivos compactados, caso contrário, o Eclipse ficará inutilmente lento. Por favor, tenha em mente que desabilitar isso infelizmente torna seu sistema mais fraco contra ataques, a maioria dos malwares usam empacotadores.


Feche todos os projetos abertos que não estejam em uso atual.

Tente desligar o modo de publicação automática durante o desenvolvimento.


O Eclipse carrega os plug-ins preguiçosamente e os plug-ins mais comuns, como o Subclipse , não fazem nada se você não os utilizar. Eles não atrasam o Eclipse durante o tempo de execução, e isso não ajudará você a desativá-los. Na verdade, Mylyn foi mostrado para reduzir a pegada de memória do Eclipse quando usado corretamente.

Eu executo o Eclipse com muitos plug-ins sem qualquer penalidade de desempenho.

  • Tente desativar as configurações do compilador que talvez você não precise (por exemplo, as subopções em "parâmetro nunca são lidas").
  • Qual versão do Eclipse você está usando? Versões mais antigas eram conhecidas por serem lentas se você as atualizasse várias vezes, porque elas tinham sua pasta de plug-ins inflada com plug-ins duplicados (com versões diferentes). Isso não é um problema na versão 3.4.
  • Use conjuntos de trabalho. Eles funcionam melhor do que fechar projetos, especialmente se você precisar alternar entre conjuntos de projetos o tempo todo.

Não é apenas a memória que você precisa aumentar com o switch -Xmx, mas também o tamanho do perm gen . Eu acho que esse problema foi resolvido no Eclipse 3.4.


Há outra coisa que realmente acelera o Eclipse no Windows e especialmente no Linux - colocando a JVM no disco RAM.

Para o Windows, você pode usar o driver de disco RAM comercial da Qsoft .

Para Linux, use qualquer um dos métodos descritos em vários artigos na Internet. É importante dar espaço adicional ao disco RAM que é 10% maior que o tamanho da JVM.

Confira. Isso realmente faz a diferença.


Melhores práticas neste segmento são implementadas no livre Optimizer For Eclipse , de ZeroTurnaround .

O que isso ajuda?

  • Alocação de memória insuficiente
  • Sobrecarga de verificação de classe
  • Índices e histórico excessivos
  • JDK obsoleto ou lento
  • Eclipse sendo desatualizado
  • Tempos longos de construção e reimplantação

Para mais detalhes, confira este artigo do RebelLabs .


Feche a vista da estrutura de tópicos para acelerar a alternância entre os editores.
Cada vez que você alterna para uma guia diferente ou abre um arquivo, a visualização da estrutura de tópicos precisa ser atualizada, o que na minha máquina levou cerca de 1 segundo a cada vez. É apenas 1 segundo, mas se você alterar as guias com muita frequência, como eu, isso poupará uma dor de cabeça.


Obrigado pelas dicas. Essas opções (mencionadas acima) me ajudaram bastante:

Janelas:

Aumentando a memória e considerando minha versão atualizada do Java no eclipse.ini:

-Dosgi.requiredJavaVersion=1.6
-Xms256m
-Xmx512m
-XX:PermSize=512m
-XX:MaxPermSize=512M
-Xverify:none

Linux / Ubuntu:

Usando

update-alternatives --config java

Vá para Windows -> Preferências -> Validação e desmarque todos os validators você não quer ou precisa.

Para o Eclipse 3.7, você usa o Windows -> Preferências -> Geral -> Inicialização e Desligamento .


Eu desativei todas as opções não utilizadas no Windows> Preferências> Geral e tem um enorme impacto positivo no desempenho, o eclipse ainda é lento ao alternar as guias, não quero aumentar a memória, mas é muito mais rápido ao rolar a tela. Thx pelas dicas.


Outro aumento de desempenho pode ser obtido ao desativar as decorações de rótulo ( Windows -> Preferences; General -> Appearance -> Label Decorations ) e desativando os recursos não utilizados na inicialização ( Windows -> Preferences; General -> Startup and Shutdown ).

Você também pode obter desempenho adicional escolhendo uma estratégia diferente de coleta de lixo, dependendo de sua JVM.

Se você está cansado dos ciclos de reinicialização, você pode usar o JavaRebel da ZeroTurnaround. Isso reduzirá seu tempo gasto em reinicializações de servidor / cliente.


Tente isso também, vai melhorar o desempenho:

limpeza de índices - {caminho da área de trabalho} .metadata.plugins \ org.eclipse.jdt.core limpeza do histórico - {caminho da área de trabalho} .metadata.plugins \ org.eclipse.core.resources.history

Limpar as pastas acima não afetará os arquivos do projeto.


Não subestimar é ter uma máquina rápida. 16-32 GB de RAM, SSD e um processador decente ... e who0o0om lá vai você.


Eu experimentei uma melhoria considerável no desempenho ao limitar o número de abas abertas (no passado eu frequentemente tinha mais de 30 abas abertas). Você pode deixar o Eclipse lidar com isso automaticamente:

Janela -> Preferências -> Editores -> fechar editores automaticamente

8 abas abertas são o valor antes que o sinal >> apareça, então eu costumo deixá-lo em 8.

Ao abrir mais guias, as menos acessadas recentemente serão fechadas.

-> Quando todos os editores estão sujos ou presos

Se tiver modificações não salvas, você pode solicitar para salvar e reutilizar (a guia será fechada, uma nova será aberta em seu lugar). Ou você pode abrir um novo editor final, aumentando assim a quantidade de abas abertas (a escolha discreta).

Se você quiser garantir que algumas guias nunca sejam fechadas automaticamente, você pode fixá-las. Isso clicando no ícone de alfinete (o ícone mais à direita na barra de ferramentas, com "editor de alfinete" como texto da dica de ferramenta).


Desative scanners de vírus ou, pelo menos, configure qualquer verificador de vírus para não verificar arquivos JAR em acesso de leitura.





performance